(16) 3303-4777

0800 771 5914

Av. Dr. Gastão Vidigal, 295

Araraquara-SP

Escolha uma Página

A gravidez representa um período delicado para a gestante, cujos dentes exigem cuidados específicos tanto por parte da mulher como do dentista com a finalidade de prevenir o aparecimento de problemas bucais como cárie e gengivite. O ideal é realizar qualquer tratamento dentário antes da gravidez, mas caso haja necessidade, a melhor época para tal é o segundo trimestre. O atendimento da gestante envolve desde procedimentos como profilaxia, aplicação de flúor – se houver necessidade – e remoção de irritantes locais que agridem a gengiva até o aconselhamento preventivo para a saúde bucal do bebê.

A necessidade de uma atenção especial com a dentição decorre das transformações que a gravidez traz. O aumento do número de cáries está associado ao aumento da acidez da cavidade bucal e do consumo de açúcar e a diminuição dos cuidados com a higiene oral. Associa-se ainda o fato de que a gestante passa a se alimentar com maior freqüência aumentando ainda mais a predisposição ao aparecimento do processo carioso. Outra explicação são as alterações na dieta, as mudanças na higiene oral – como desatenção ou dificuldades na escovação devido à ânsia de vômito – e, como conseqüência de uma maior ocorrência de vômitos, o desequilíbrio do meio bucal. O não tratamento desse desequilíbrio causa descalcificação da estrutura dental, que leva a cárie.

O sangramento das gengivas, também não é normal, tendo relação com a formação de placas bacterianas que causam a gengivite, que a gestante tem predisposição a desenvolver devido às alterações hormonais, que levam seu organismo a responder de forma exagerada a presença desses microorganismos. Em alguns casos, o problema pode evoluir para uma gengivite gravídica. Estudos realizados mostraram que a inflamação de estruturas que dão sustentação aos dentes pode levar ao parto prematuro, por conta de alterações hormonais provocadas pela produção da prostaglandina, um dos hormônios que induzem ao parto.

ALIMENTAÇÃO
Sobretudo na gravidez, a alimentação da mulher deve obedecer a um cardápio saudável e disciplinado, tendo em vista a formação dos dentes do bebê, a partir da sétima semana de gravidez. Cálcio, fósforo e vitaminas, necessários para dentes e ossos sadios, são fornecidos ao feto por meio de uma dieta balanceada, contendo os quatro grupos básicos de alimentos.

Algumas orientações básicas:
• Evitar comer fora de hora.
• Evitar o consumo excessivo de doces (açúcar). Se for impossível, procurar ingeri-los somente logo após as refeições.
• Escovar a língua e usar o raspador de língua para evitar o acúmulo de bactérias e prevenir o mau hálito.
• Escovar religiosamente os dentes e passar fio dental após as refeições e principalmente antes de dormir.
• Usar escova macia, de ponta redonda.
• Trocar sua escova sempre que as cerdas estiverem amassadas. Visitar seu dentista pelo menos duas vezes durante a gravidez. Ele poderá orientá-la melhor quanto a algumas medidas preventivas como o uso de flúor.

Fonte: Multioral

Sobre

Obrigado por nos visitar.

Nossa tecnologia conta com o sistema CAD/CAM que permite a reabilitação imediata devolvendo aos pacientes a harmonia do sorriso, a estética facial e a capacidade mastigatória em menos de 24 horas com implantes feitos sem a necessidade de incisões ou suturas.

Últimos Posts

JRG Odontologia e Quality Odontologia

JRG Odontologia e Quality Odontologia

JRG Odontologia e Quality Odontologia em segunda etapa cirúrgica para ajudar essa criança a receber 2 próteses customizadas de ATM para voltar a ter qualidade de vida....

Caso de artrite reumatóide com reabsorção total condilar

Caso de artrite reumatóide com reabsorção total condilar

JRG Odontologia em parceria com os grandes amigos e cirurgiões Dr. Ryuichi, Dr. Rafael, Dra. Paula e Dra Laís em Salvador. Obrigado pela confiança de sempre! Caso interessante de artrite reumatóide com reabsorção total condilar. Fizemos prótese customizada bilateral...

Facebook

2018 - JRG Odontologia - Desenvolvido por Wab.com.br