(16) 3303-4777

0800 771 5914

Av. Dr. Gastão Vidigal, 295

Araraquara-SP

Escolha uma Página

Alguns fatores, como alterações hormonais, trauma oclusal e periodontite com presença de tártaro, além de fumo e álcool, podem levar à perda óssea, que tem como conseqüência a diminuição na qualidade da mastigação, podendo trazer problemas nutricionais e digestivos. Saiba como prevenir esse mal e mantenha sua boca saudável.

Um sorriso bonito e saudável é o que todo mundo quer. Mas saiba que para manter os dentes sempre em ordem é preciso ter disciplina e tomar alguns cuidados.

Fazer a higiene correta de toda a boca, por exemplo, é imprescindível para evitar um grande mal que afeta muitas pessoas, a placa bacteriana. Ela, com o tempo, pode se mineralizar, formando o tártaro ou o cálculo gengival. “Juntos, a placa e o tártaro deslocam as gengivas da destruição das fibras que prendem o dente à gengiva. Se essa alteração não for tratada, a estrutura óssea que sustenta o dente poderá se comprometer e, a longo prazo, poderá ocorrer a perda do elemento dental. Esse abalo na estrutura óssea é denominado periodontite (doença periodontal)”, explica o cirurgião-dentista.

Um dente perdido compromete toda a harmonia do sorriso. Por isso, é necessário realizar consultas freqüentes ao dentista, que irá fazer uma avaliação da saúde bucal e, se necessário, solicitar exames complementares, como radiografia e/ou densitometria óssea (exame que detecta o grau de osteoporose).

Fazer a checagem hormonal (principalmente nas mulheres em menopausa), evitar a ingestão de bebidas alcoólicas, de determinados medicamentos e o tabagismo contribui para deixar a periodontite longe da boca.

 No dia-a-dia, além da higiene correta, é necessário ficar atento à alimentação também. “A falta de alguns minerais e vitaminas, principalmente cálcio e vitamina D, são vitais para manter a saúde dos ossos”, esclarece o cirurgião.

O principal objetivo do tratamento periodontal é a remoção de tártaros (cálculos dentários), para evitar que ocasionem a perda óssea. Caso ela já esteja em andamento e tenha origem traumática, é preciso fazer os devidos ajustes nos dentes, se for conveniente, ou corrigi-los com Ortodontia, dependendo do caso. “O profissional deve verificar também se não há nenhum agravante de ordem sistêmica, como disfunção hormonal”, diz.

Agora, se a estrutura óssea já estiver perdida, nos casos de periodontites ou de traumas oclusais, a reparação é dada por meio de enxertos ósseos.

Fonte: Odontologika

Sobre

Obrigado por nos visitar.

Nossa tecnologia conta com o sistema CAD/CAM que permite a reabilitação imediata devolvendo aos pacientes a harmonia do sorriso, a estética facial e a capacidade mastigatória em menos de 24 horas com implantes feitos sem a necessidade de incisões ou suturas.

Últimos Posts

O que é Implantodontia?

O que é Implantodontia?

Abaixo, seguem diversas dúvidas sobre implantodontia. Todas esclarecidas por um dos maiores especialistas no assunto. O que é um implante dentário? Um implante dentário é um sistema de reposição de dentes perdidos onde o mais comum é  composto por uma liga de titânio,...

Fechando mais um Módulo da Turma 15 de cirurgia Ortognática!

Fechando mais um Módulo da Turma 15 de cirurgia Ortognática!

Fechando mais um Módulo da Turma 15 de cirurgia Ortognática em Ribeirão Preto nesta sexta-feira. Caso complexo com resultado sensacional. Super preparo ortodôntico do parceiro Dr. Ralph Soares Azevedo ( Jaú- SP) Parabéns pessoal pela cirurgia! JRG Odontologia (...

Siga-nos

 

2018 - JRG Odontologia - Desenvolvido por Wab.com.br